Acusado de matar Bianca Wachholz é condenado a 26 anos de prisão

Publicado por em 24 de outubro de 2019

Everton Balbinott, acusado de matar a ex-namorada Bianca Wachholz em julho de 2018, foi condenado na noite desta quarta-feira (23), a 26 anos de prisão. O julgamento no Fórum de Blumenau começou por volta das 9h30 e terminou após às 22h.

Balbinott foi condenado pelos crimes de homicídio com agravante de feminicídio, por motivo torpe, sem chande de defesa à vitima e por ameaça.    

Relembre o caso

Bianca Mayara Wachholz, 29 anos, foi morta no dia 25 de julho do ano passado, quando estava na residência da mãe, no bairro Itoupava Central. De acordo com os autos do processo, Everton pulou o muro da casa da ex-sogra, entrou na residência e sacou a arma que estava escondida na calça.

Ele efetuou um disparo que atingiu o rosto de Bianca. Segundo denúncia do Ministério Público, ele teria feito isso para que a jovem “não se envolvesse com mais ninguém”. Ambos estavam separados no momento do crime.

Everton fugiu do local do crime e se apresentou à polícia dois dias depois. Ele teve a prisão preventiva decretada no dia 27 de julho do ano passado, e segue no Presídio Regional de Blumenau desde então.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista