Ácido Úrico – 07/05/2021 – O dia em que a maioria não venceu

Publicado por em 07/05/2021

O assunto do dia foi a absolvição do governador do Estado de Santa Catarina no caso dos respiradores. A votação de 6 a 4 contra Moisés não foi o bastante para tirá-lo do cargo. Toda a tramitação foi uma vergonha, desde a causa até o julgamento. A coluna de hoje ainda traz uma análise do processo de impeachment do governador Moisés e toda a bagunça pelo poder que se instalou na política catarinense.


Sede pelo poder

Mesmo depois de órgãos de segurança e justiça tirarem Moisés da investigação e não verem qualquer tipo de envolvimento do governador no caso dos respiradores, a oposição continuou insistindo na papagaiada de querer tirar Moises no tapetão. Ao invés de cobrarem da justiça a celeridade em identificar e julgar os reais culpados, trazendo de volta o dinheiro pago por produtos que nunca chegaram, a corja da política de Santa Catarina preferiu negociar cargos, articular secretarias, beneficiar parceiros e lotear o governo para conseguir votos o bastante para derrubar o governador. O processo mostrou a verdadeira face de Daniela que, além de fã do café na cama, também gosta da estofada cadeira e a caneta recheada com muito poder.

Moisés pode ter sido burro, inocente e inoperante, mas não foi ladrão. E deveria ser punido por isso.

Mas a verdade é que o governador acabou sendo vítima do próprio grupo político que o criou. O grupo, sedento por poder e dinheiro, intitulado renovação mas composto por velhos macacos. Grupo este que aproveitou a pandemia para tirar o atraso e tentar morder tudo que conseguisse. No fim das contas, o “chefe” de Moisés foi preso, foi solto e continua na rua.

Mas os políticos que estão doidos para voltar ao poder, sequer lembram dele.

Vacinação avança em Balneário Camboriú e Camboriú

O início da vacinação de pessoas com comorbidades marca o início do fim da pandemia.

Uma coisa temos certeza: Não é a idade que mata os infectados pela COVID, são as comorbidades. Agora começa a vacinação desse grupo que foi a maior vítima dessa doença traiçoeira.

Neste sábado, em drive thru, inicia a vacinação de quem tem doenças e problemas de saúde pré-existentes, que torna mais suscetíveis aos piores quadros que a COVID pode causar. Saúde é o que precisamos agora.

Longo caminho

Os números da COVID em Balneário são otimistas, mas ainda temos um longo período pela frente. A cidade hoje registra 249 casos ativos da doença. O número é quase igual a ultima semana de outubro do ano passado, quando a doença havia dado uma trégua. Isso é ótimo. Fortalece a nossa esperança de que o melhor está chegando, mas o caminho ainda é longo.

Precismos manter os cuidados, manter a fiscalização, nos policiar e policiar quem está a nossa volta, para acabarmos de vez com esse vírus maldito e tentar, com a dor de quem perdemos, voltar a normalidade. O mundo precisa da atitude de cada um de nós.

Primeiro ato

Um colunista publicou hoje que o primeiro ato da nova secretária do idoso, Juliethe Nitz, foi pedir a relação de cargos comissionados que tem na secretaria e de quem é a indicação de cada um. Se começa assim o projeto da ex-vereadora a frente da secretaria, sinto muito pelo que está por vir.

As vezes é necessário mexer, até concordo. Mas uma liderança de verdade vai saber conduzir seus liderados independente da sua origem. Poderia ter esperado um pouco né secretária?

Ah, o legislativo

Mais uma vez, as atitudes do legislativo envergonham a política na nossa cidade. Depois de vários shows na tribuna com direito a cacho de banana e simulações de “dor de barriga” na votação de alguns projetos, a Câmara de Balneário, com suas raras exceções, envergonhou mais uma vez o legislativo.

Após fazer um discurso acalorado, alegando ser a favor da saúde, um vereador sumiu na hora de votar medidas provisórias que destinavam quase 10 milhões de reais para a saúde. A justificativa? “Está tomando diurético e foi ao banheiro”. O assunto rendeu até áudio indignado no grupo dos vereadores no Whatsapp. Não vou citar o nome do cara, pois tenho repulsa a esse tipo de atitude, mas quem assistir a sessão de quarta vai entender bem.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista