Transporte coletivo deve voltar somente após 16 de junho em Balneário Camboriú

Publicado por em 05/06/2020

O transporte coletivo municipal não voltará a operar na próxima segunda-feira, dia 8, é o que garante o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira.

Segundo o chefe do executivo, o setor jurídico da administração municipal terá um novo encontro com os representantes da Expressul para alinhar a possibilidade da retomada dos serviços da empresa na cidade.

“Vamos discutir as condições para a empresa voltar, e de que maneira nós podemos, ou não, subsidiar, de qualquer maneira para o dia 8 não haverá o retorno”, destacou o prefeito.

Fabrício ainda destacou a possibilidade do retorno dos ônibus a partir do dia 16 de junho, sendo o transporte efetuado pela Expressul ou por outra empresa contratada de forma emergencial.

A intenção da prefeitura é reformular o transporte coletivo municipal, também foi descartado a possibilidade de que o subsídio mensal seja no valor de R$ 400 mil como solicita a Expressul que vem alegando prejuízo financeiro.

“Nesse valor não será possível sem mudanças no sistema, infelizmente todos setores tiveram prejuízos, a prefeitura teve queda na arrecadação, esses prejuízos precisam e estão sendo compartilhados”, completou Fabrício Oliveira.

Caso não aconteça um acordo entre prefeitura e Expressul, uma nova empresa será contrata de forma emergencial para a realização do transporte coletivo em Balneário Camboriú.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista