Balneário Camboriú tem 60 moradores de rua fixos

Publicado por em 14/08/2019

Balneário Camboriú possui atualmente entre 90 e 110 moradores de rua, sendo pelo menos 60 deles fixos. O Resgate Social, departamento da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social da prefeitura, já realizou 1.960 atendimentos somente neste ano.

Os moradores resgatados recebem acolhimento na Casa de Passagem do Migrante. O local oferece quatro refeições, banho, roupas e local para dormir. Durante o primeiro semestre foram 11.083 albergamentos. Os números são significativamente maiores porque alguns foram abrigados mais de uma vez.

O Resgate Social também fornece passagens para aqueles que desejam voltar a suas cidades natais, 547 passagens foram doadas este ano. Além disso, através de parceria com clínicas terapêuticas, 145 pessoas foram encaminhadas a centros para tratamento de dependência química.

“Há dois meses foi desenvolvida uma abordagem a pé pelas manhãs, da Rua 3700 até o Pontal Norte, além do plantão e operações. O Resgate Social conta com todo auxílio necessário para aqueles que estão em situação de rua e aceitam a ajuda. Por isso reforçamos a importância de não dar esmola e sim contatar o serviço” comenta o membro do Resgate, Paulo Roberto de Souza.

Em média, 35 pessoas em situação de rua chegam semanalmente ao município. A maioria relata ter vindo a Balneário Camboriú em busca de emprego.

O Resgate Social atua em plantão 24h e pode ser contatado através do telefone 156.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista